Adventure Weekend Viagens » Grupo 17 dias
Tel: (61) 3349-4237 / (61) 3274-8200 – Estamos no

viagens-machupicchu-header

Machu Picchu

17 dias

Machu Picchu

Começando em La Paz, o roteiro inclui passeio completo pelo Salar de Uyuni, Lago Titikaka, Ilhas Uros, Cuzco e claro, Machu Picchu! Chegada em La Paz dia 07/07.

Mapa

Veja abaixo os pontos que podem ser visitados em sua viagem.

Personalizado

Todos os nossos roteiros podem ser feitos sob medida para você! Além dos passeios padrão, podemos agregar ainda mais ao seu roteiro, incluindo os seguintes componentes:

  • Cidade de Lima
  • Trilhas Incas Clássica* e de Salkantay (*sujeita a disponibilidade)
  • Huayna Picchu
  • Arequipa e Cânion de Colca

E outros!

Entre em contato conosco para saber mais sobre pacotes personalizados.

Passagens

É possível a utilização de Milhas para a parte aérea. Os valores dos pacotes são somente da parte terrestre.

Nós também podemos fazer uma cotação da melhor tarifa disponível no ato de sua reserva.

As empresas que operam o destino, saindo do Brasil são: TACA, LAN, AVIANCA e TAM. Para os roteiros que se iniciam na Bolívia, recomendamos a Bolivian Airlines.

Nossos preços incluem

Nosso pacote padrão inclui os seguintes serviços:

  • Traslado aeroporto/hotel/aeroporto em La Paz e Uyuni;
  • Traslado in/out em Puno;
  • Traslado in/out em Cuzco;
  • 4 noites de hospedagem c/ café da manhã em La Paz;
  • 2 noites de hospedagem c/ café da manhã em Copacabana;
  • 1 noite de hospedagem c/ café da manhã em Puno;
  • 5 noites de hospedagem em Cuzco c/ café da manhã;
  • 1 noite de hospedagem em Águas Calientes c/ café da manhã;
  • Tour em Uyuni 3D/2N compartilhado, com alimentação completa, hospedagem simples e guia;
  • City tour em La Paz com Valle de la Luna (compartilhado) com entradas, guia e transporte;
  • Excursões com guias locais especializados;
  • Tour nas Islas Flotantes e Isla Del Sol;
  • Tour privado pelo Salar de Uyuni com duração de 7 horas;
  • Transporte em ônibus La Paz/Copacabana/Puno;
  • Visitas guiadas em Saqsayhuaman, Q’enqo, Puka Pukara, Tambomachay, Pisac, Ollantaytambo e Machu Picchu;
  • Transporte Puno/Cuzco em ônibus turístico regular pela Rota do Sol com entradas, almoço e guia nos sítios arqueológicos Pukara, La Raya, Raqchi e Andahuaylillas;
  • Tour pelo Vale Sagrado visitando Muros de Moray e a cidade-ruína de Ollantaytambo (somente para quem não opta pela Trilha de Salkantay);
  • Entrada para o Parque de Machu Picchu;
  • Transporte a Machu Picchu em trem na rota: Ollantaytambo/Águas Calientes/Ollantaytambo;
  • Transporte em ônibus na rota: Cuzco/Ollantaytambo/Cuzco;
  • Guia local para apoio em Cuzco;
  • 01 almoço em Urubamba;
  • Reunião para orientações de viagem (dicas de segurança, aclimatação, câmbio e outros).

Não incluso

  • Despesas de caráter pessoal, como: alimentação, táxis, compras, passeios, telefonemas, lavanderia, frigobar, gorjetas, etc. Ou seja, nenhum item que não esteja claramente citado como incluído na programação;
  • Ônibus para subida e descida de Machu Picchu (é possível incluir no valor do pacote);
  • Passagens aéreas;
  • Seguro-viagem (é possível adquirir através de nossa agência);
  • Boleto turístico com as entradas do city tour e do Vale Sagrado (é possível incluir no valor do pacote).

Documentação

Não é exigido visto para brasileiros. É possível viajar com carteira de identidade civil (SSP), desde que expedida há menos de 10 anos.

Caso prefira viajar com o passaporte, na entrada do Parque de Machu Picchu é possível colocar o carimbo especial de que visitou o local.

Clima

A melhor época para viajar a Machu Picchu vai de maio a setembro, no inverno. As temperaturas são bem mais baixas, mas não chove tanto como nos outros meses do ano. Os melhores meses são junho e julho. A temporada de chuvas começa em outubro. Geralmente, os meses que mais chovem são dezembro, janeiro, fevereiro e março.

Vacinas

A vacina contra a febre amarela só é exigida na Bolívia. Deve-se apresentar o cartão de vacina internacional e a vacina tem que estar dentro do prazo dos 10 anos de validade.

Caso ainda não tenha tomado a vacina, ela deve ser administrada com pelo menos 15 dias de antecedência de sua data de viagem.

Clique em Peru e Bolívia 17 dias para baixar o roteiro em PDF.

Itinerário

[+] Mostrar mais detalhes

  • 1º dia Chegada em La Paz. 07/07

    Chegada em La Paz e transfer para o hotel.
    Noite – Sugestão: Peña Folclórica (apresentação dos costumes andinos durante um jantar).

  • 2º dia La Paz City Tour. 08/07

    Manhã: City tour em La Paz com visita ao Valle de la Luna.
    Tarde livre.

  • 3º dia La Paz/Salar de Uyuni. 09/07

    Check-out do hotel e traslado para o aeroporto com destino a Uyuni. Sugerimos pegar o primeiro voo disponível na Amaszonas.
    Chegada em Uyuni e transfer para a agência. Começamos o tour às 11hrs da manhã para o cemitério de trem, visitando sua história e comentando a importância deles no final do século XIX e XX.
    Visitaremos também:
    - A cidade de Colchani, localizada a 20 km de Uyuni para observar o processamento do sal e artesantos feitos de sal.
    - Pilhas de sal localizadas em horillas Salar.
    - Olhos do Salar.
    - Museu de Sal Playa Blanca.
    - Ilha Incahuasi com seus cactos seculares, corais petrificados de mais de 40 milhões de anos.
    Depois do almoço, vamos para a aldeia de Aguas Quisa, para pernoite em refúgio.

  • 4º dia Uyuni. 10/07

    Partida às 7:00 da manhã Chiguana em direção ao deserto, onde houve um confronto na Guerra do Pacífico entre a Bolívia e Chile. Veremos:
    - Mirador do vulcão Ollague, que está ativo na fronteira da Bolívia, Chile.
    - Diversas Lagunas Andinas: Laguna Cañapa (com flamingos), Laguna Hedionda, Laguna Charcota, Laguna Onda.
    - Deserto Siloli, cruzamos o deserto por mais de duas horas para chegar até a Árvore de Pedra.
    - Laguna Colorada
    Pernoite em refúgio.

  • 5º dia Uyuni/La Paz. 11/09

    Café da manhã às 5:30 horas. Após café da manhã saímos em direção ao Sol de Mañana, local com crateras vulcânicas e gêiseres ativos. Parada para banho nas águas termais.
    Continuamos a viagem através do deserto de Dali, nomeado após o pintor pela a topografia extraordinária da área. Chegamos a Laguna Verde, localizada no sopé do vulcão Licancabur.
    Voltamos para Uyuni passando por outros lugares em uma viagem de cerca de 6 horas, com paradas para fotos e almoço. Chegada em Uyuni por volta de 18hrs.
    Traslado para o aeroporto e embarque com destino a La Paz.
    Chegada em La Paz e transfer para o hotel.

  • 6º dia La Paz/Copacabana. 12/09

    Café da manhã no hotel e check-out.
    07:30 – Saída com destino a Copacabana em ônibus. A viagem dura cerca de 5 horas.
    Chegamos em Copacabana próximo ao horário do almoço. Check-in no hotel e restante do dia livre. Copacabana é uma cidade aconchegante à beira do Lago Titikaka. Copacabana significa “de onde se vê o azul” e também originou o nome do bairro de Copacabana no Rio de Janeiro.
    Dicas: Passeio ou caminhada pela orla do lago Titikaka. Alugue um barco, caiaque, moto ou bicicleta para conhecer melhor o lago e suas margens. Vale a pena conhecer o convento e a catedral. Para aqueles que já estão planejando fazer a trilha de Salkantay, uma ótima opção para já preparar o corpo e se aclimatar, é fazer o mini trekking do Calvário. No mais são compras e fotos.

  • 7º dia Isla del Sol. 13/07

    08:30hs – Saída de barco para Isla Del Sol.
    Passeio navegando no Titikaka e conhecendo ruínas pré-incas.
    16:00hs – Chegada do passeio.
    Noite livre.

  • 8º dia Copacabana/Islas Uros/Puno. 14/07

    08:00hs – Saída para Puno. Carimbo dos passaportes na fronteira com o Peru.
    Chegando em Puno, faremos um tour na parte da tarde para as Ilhas Flutuantes de Uros, etnia que habita o Lago Titikaka e são artesãos.
    Retorno para Puno e pernoite.

  • 9º dia Puno/Cuzco. 15/07

    Voltamos para Cuzco em ônibus, parando para conhecer mais ruínas: Pukara, La Raya, Raqchi y Andahuaylillas.

    Primeira parada em Pukara onde visitamos o museu, 30 minutos guiados. É o centro mais importante e antigo cerimonial do Altiplano, Tiahuanaco antes, caracterizada por uma série de plataformas escalonadas que se assemelham a uma pirâmide chamada Calasaya. Também lito-esculturas e lápides de personagens intrigantes, é aqui onde você vai descobrir as origens do Altiplano Andino Cultural.
    Segunda parada: La Raya (4,335 m)
    É oponto mais alto da viagem 3540 (m). Paramos alguns minutos para tirar fotos, é o ponto mais alto da nossa visita com uma vista maravilhosa das montanhas. Há belas paisagens nevadas, lhamas e vicunhas.

    Aproximadamente 12:30, parada para o almoço (incluso).

    No período da tarde, a caminho de Cuzco, conheceremos o Raqchi, um impressionante edifício com mais de 90 metros de comprimento e 25 metros de largura que base sólida de paredes de pedra e adobe e também San Pedro de Andahuaylillas Igreja a 40 km de Cuzco, famosa, construída em 1580 e conhecida como a “Capela Sistina do Peru”. Em seu exterior a simplicidade contrasta com seu estilo barroco colonial interiores altares dourados, o famoso mural dos caminhos para o céu eo inferno, suas pinturas da Escola de Cuzco, seus policromada caixotão e muitas outras obras de arte, 35 min. aprox. visita guiada, em seguida, continuar com a viagem para a cidade de Cuzco.

    Chegada a Cuzco aproximadamente 17:00 horas.

    Restante do dia livre. Nosso guia apresentará a Plaza de Armas (o “coração” da cidade), e as recomendações gerais sobre o local. Enquanto seu corpo vai se acostumando com a altitude, aproveite para caminhar calmamente por Cuzco, conhecer a Plaza e também o Mercado Artesanal. Um passeio a pé é ideal para descobrir os cantos e encantos dessa cidade que surpreende a cada esquina!

  • 10º dia Cuzco. 16/07

    Café da manhã no hotel e saída para um City Tour em Cuzco (por volta de 10:00).
    City tour:
    Saída para o Complexo Arqueológico de Saqsayhuaman, onde visitaremos as ruínas de Saqsayhuaman, Q’enqo, Puka Pukara e Tambomachay.

    • SAQSAYHUAMAN: Localizado a 2km do centro de Cuzco, é um complexo arquitetônico monumental. Uma de suas características mais marcantes é o uso de imensas pedras (algumas de até 120t), encaixadas com impressionante precisão. Embora seja reconhecido como um lugar ritual para os Incas, que até hoje celebram lá o Inti Raymi (Festa do Sol), ainda não há um consenso a respeito de sua finalidade inicial, se militar ou religiosa (ou ambas). Estima-se que somente 20% do conjunto original sobreviveu à passagem do tempo e às investidas dos espanhóis, que usavam as pedras para construção de casas e igrejas em Cuzco.
    • Q’ENQO: Acredita-se que era um centro cerimonial. Possui um anfiteatro com 19 nichos e uma rota labiríntica de acesso a galerias subterrâneas. Aliás, o nome “q’enqo” significa labirinto. No setor superior, há canais e dutos de água rituais, e também mesas de oferenda e outras figuras esculpidas na rocha.
    • PUKA PUKARA: Nome que em quéchua significa “Fortaleza Vermelha”. Puka Pukara foi um posto de controle do trânsito de pessoas e mercadorias que chegavam a Cuzco, cuja localização era de grande importância militar. Além da plataforma que garante uma visão panorâmica da região, encontra-se no local torres de observação, locais para armazenamento e até alojamentos.
    • TAMBOMACHAY: Também conhecido como “Banhos do Inca”. Situado à 3.700 metros acima do nível do mar, foi provavelmente um santuário de culto à água. É formado por muros de construção refinada, com nichos, janelas e aquedutos, além de uma rede complexa de canais que traziam a água das montanhas até o local.

    Visita à Qoricancha, que era um templo a todas as divindades Incas, como o Sol, a Lua e as Estrelas. Após a conquista espanhola e conseqüente pilhagem e destruição parcial, o local foi doado à Ordem dos Dominicanos, que construíram sobre as ruínas a Iglesia de Santo Domingo. É um dos principais monumentos de Cuzco, mesclando de forma única os traços arquitetônicos incas e coloniais espanhóis.

    Retorno para o hotel e restante do dia livre.

  • 11º dia Dia Livre. 17/07

    Sugestões:
    Você poderá utilizar o seu boleto turístico para visitar algumas das 8 atrações restantes, ou visitar o impressionante Museu Inka, um dos mais completos da cidade.

    Outra opção é conhecer a Catedral de Cuzco e a Igreja da Ordem de Jesus, na Plaza de Armas, com sua arquitetura colonial e seus detalhes em prata e ouro.

  • 12º dia Dia Livre. 18/07

    Sugestões:
    Um passeio interessante pode ser feito pelo bairro de San Blas, que concentra os artesãos e os ateliês onde se encontram os famosos quadros cuzqueños, com suas molduras entalhadas em cedro e suas pinturas características.

    O local onde funcionava o antigo monastério – hoje, hotel da rede Ferroviaria Oriental – é aberto à visitação. Destaca-se no conjunto a capela, com seus inúmeros detalhes em ouro.

    Caminhando pelas ruas da cidade você poderá observar ainda a famosa pedra dos doze ângulos, os muros construídos pelos incas (que inclusive fizeram parte do filme “Diários de Motocicleta”), os “balcones” de influência espanhola… Cosmopolita e tradicional, Cuzco é verdadeiramente impressionante.

  • 13º dia Vale Sagrado/Águas Calientes. 19/07

    Sairemos de manhã em ônibus turístico e viajamos até os Muros de Moray, centro de Pesquisa Agrícola onde apreciaremos a magnificência da agricultura inca. Após explicação começaremos uma caminhada até as Salinas de Maras, observando a formação do sal e mais de 4000 salinas em atividade. Continuaremos a caminhada até chegar à ponte de Arcopampa.

    Almoço em Urubamba (incluso).

    OLLANTAYTAMBO: A zona arqueológica de Ollantaytambo é outra obra monumental da arquitetura incaica, com os enormes poliedros que formam muros e
    portais trapezoidais de templos, terraços, etc. Há também inumeráveis construções pré-hispânicas magistrais, destacando-se o templo principal. Os complexos militar, religioso, administrativo e agrícola indicam que era um lugar muito estratégico para o Império Inca.

    Na estação de Ollantaytambo embarcaremos para Águas Calientes, um pequeno e simpático povoado que serve como base para todos que vão à Machu Picchu.
    Noite livre. Check-in no hotel.

  • 14º dia Machu Picchu. 20/07

    Café da manhã no hotel e saída para o Parque Arqueológico de Machu Picchu.

    Finalmente chegou o grande dia! Após o café da manhã, partiremos para a Cidade Sagrada dos Incas.

    Para aqueles que quiserem, é possível subir pelas escadarias construídas pelos incas em uma caminhada curta e emocionante.

    Em Machu Picchu, faremos uma visita de aproximadamente 2 horas com guia especializado e teremos o resto do dia para curtir o parque. Desfrute e capte toda a energia do lugar, tire fotos, explore, enfim, aproveite!

    No final da tarde, pegaremos o trem de volta para Cuzco, aonde pernoitaremos.
    Noite – Livre.

  • 15º dia Cuzco/La Paz. 21/07

    Manhã livre para curtir o último dia em Cuzco.
    Check-out do hotel ainda pela manhã.
    20:00 – Encontro no lobby do hotel e traslado para o Terminal de ônibus.
    21:00 – saída de ônibus para La Paz.

    OBS: é possível fazer este trajeto em aéreo, gerando uma diária a mais ou em Cuzco ou em La Paz.

  • 16º dia La Paz. 22/07

    Chegada em La Paz por volta de 13:00. Check-in no hotel e restante do dia livre.

  • 17º dia Volta para o Brasil. 23/07

    Check-out do hotel e traslado para o aeroporto.

Trilha de Salkantay

US$ 165 por pessoa
Para quem quer um pouco mais de aventura, a Trilha de Salkantay é uma boa pedida. Embora seja uma trilha dura em função do terreno e da altitude, a beleza natural acaba compensando o cansaço. São 3 dias de caminhada e duas noites dormindo em barraca. No valor acima está incluído:

  • Trilha de Salkantay com toda estrutura logística de barracas, alimentação (café da manhã, almoço e jantar nos dias de trilha).
  • Transporte do equipamento comum ao grupo durante a trilha: Barracas, cozinha, isolantes térmicos, pratos, talheres. Copos, etc. + até 6kg de bagagem pessoal.
  • Guia de Alta montanha durante a trilha.

Optando pela trilha, seu roteiro fica conforme abaixo, a partir do 11º dia (17/07):

11° dia – INÍCIO DA TRILHA SALKANTAY (17/Jul)
5:00hs – Partimos de Cuzco em direção a Mollepata, cidade base para os viajantes. De lá seguimos até o vale de Soray Pampa onde avistamos a belíssima Salkantay, montanha sagrada dos Incas. Após o café-da-manhã começa a nossa aventura. Um dia longo, mas muito interessante onde alcançaremos 5.000m de altitude num ponto chamado El Paso. Após um breve descanso seguiremos até o ponto de acampamento, um vale cercado por montanhas nevadas.

12° dia – TRILHA SALKANTAY (18/Jul)
08:00hs – Após o café-da-manhã recomeça a nossa jornada. Deixaremos a paisagem montanhosa para trás e conquistaremos a selva. Neste dia desceremos a 1800m de altitude, onde a temperatura é mais agradável e o ar menos rarefeito.
18:00hs – Fim do 2º dia de caminhada.

13° dia – TRILHA SALKANTAY (19/Jul)
08:00hs – Levantar acampamento. Seguiremos em mais um dia de boa caminhada. Agora falta pouco e teremos como desafio uma montanha. Para transpô-la
vamos precisar de muita animação e garra. Atravessaremos rios e estradas até chegarmos em Puente Ruínas, povoado onde almoçaremos. Agora falta pouco, ao final da tarde chegaremos em Águas Calientes. Encontro com o grupo que não fez trilha.

Salkantay

Começo da trilha com Salkantay ao fundo.

Momentos Inesquecíveis

Trilha de Salkantay

Trilha de Salkantay.

Lago Titikaka

Copacabana, Lago Titikaka.

Tiwanaku

Tiwanaku, La Paz

Cholas

Cholitas, Ilhas Uros

Lago Titikaka

Copacabana, Lago Titikaka.

Plaza de Armas

Plaza de Armas em Cuzco.

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni, Bolívia.